Animais de estimação podem doar sangue

animais podem doar sangue

Assim como nós humanos, cães e gatos também podem doar sangue – e assim salvar a vida de outros animais. No entanto, um estudo da Inglaterra mostra que muito poucos donos de animais de estimação estão cientes dessa possibilidade. cachorro doador de sangue

Se Charly atravessar a rua descuidadamente, olhar para o carro, sofrer uma ruptura do baço com o impacto, ele pode ter que ir à clínica veterinária com hemorragia interna. Ele pode então precisar de sangue de doador – e o correto. Como a maioria dos vertebrados, cães e gatos também possuem grupos sanguíneos.

Animais de estimação também podem doar sangue. Os tutores geralmente não sabem disso. Um estudo britânico revelou que 70% dos donos nunca ouviram falar dessa opção, embora quase 90% deles estivessem dispostos a doar. O sangue do doador é escasso na medicina de pequenos animais.

Na Alemanha, o primeiro banco de sangue animal foi criado na Universidade Livre de Berlim em 1997. Cerca de 300 cães e 180 gatos recebem sangue todos os anos. Cães doam para cães, gatos para gatos. O que você ganha com isso? Um exame preliminar gratuito. E um mimo. Em algumas clínicas, está incluído um voucher para uma massagem.

Quem pode doar sangue?

Cães e gatos podem doar sangue. Para cães, são adequados animais saudáveis e calmos entre um e nove anos de idade. Devem pesar pelo menos 20 quilos, ser vacinados e vermifugados regularmente e não receber qualquer medicação.

Gatos saudáveis e vacinados que pesem pelo menos quatro quilos e não tenham mais de oito anos são adequados como doadores de sangue. Os animais não devem ter recebido nenhuma transfusão de sangue, não devem ter recebido nenhum medicamento no momento da doação de sangue e devem ser gatos de interior, se possível.

Com que frequência um animal pode doar sangue?

Animais de estimação podem doar sangue não apenas uma vez, mas também regularmente. As doações podem ser feitas em intervalos de seis meses para gatos e a cada três a quatro meses para cães.

exame durante doação de sangue Algumas clínicas também oferecem a opção de registrar seu animal de estimação como doador de emergência. Em caso de falta de sangue, o titular será contatado por telefone. Em caso de emergência, seu animal de estimação pode salvar a vida de outro animal doando sangue.

Efeitos colaterais são esperados?

Não há efeitos negativos conhecidos da doação de sangue em animais. No entanto, os animais doadores devem deitar-se por alguns minutos após a coleta de sangue para evitar tonturas ou náuseas causadas por levantar-se muito rapidamente. Grande esforço no dia da doação de sangue também deve ser evitado.

Quais são os benefícios para o animal de doar sangue?

A maior vantagem para o animal e seus companheiros é que, em caso de emergência, o sangue necessário estará disponível para um paciente animal. Porque somente se doarem animais suficientes é que os animais podem ser salvos com o sangue do doador – e tal caso pode afetar qualquer animal. Os animais doadores também recebem um exame de saúde completo, incluindo um exame de sangue gratuito antes da doação de sangue.

Conclusão

Como você viu, é muito fácil para o seu amigo de quatro patas se tornar um doador de sangue. Em relação ao grande número de animais de estimação no Brasil, o número de unidades de sangue é irrisório. Com sua proatividade você pode dar uma importante contribuição para mudar isso. Se você agora está interessado em que seu cão ou gato seja um doador e salva-vidas, pergunte na universidade veterinária mais próxima. Eles certamente ficarão felizes em informá-lo quando você pode doar sangue. Lembre-se sempre de que seu amiguinho pode precisar de uma ajudinha, mais rápido do que você pensa.