Jogo de cachorro: Conheça os melhores para cada raça

Você sabia que existem jogo de cachorro ideais para cada raça? Falou em jogo de cachorro, as pessoas logo pensam em brincadeiras envolvendo bolinhas.

Claro que esse tipo de atividade é bem-vinda na vida do cãozinho, mas existem outros tipos de joguinhos caninos. Além disso, o próprio tutor pode produzir brinquedos para cães a fim de se divertir junto ao animal.

As brincadeiras com o cachorro possuem diversos benefícios, tanto para o cão como também para o tutor. Enquanto alguns jogos de cachorro ajudam no físico do pet e do tutor, outros estimulam o cérebro do animal. No entanto, todos eles conseguem fortalecer ainda mais a relação entre o humano e seu bichinho de estimação.

Qual o jogo de cachorro ideal para o meu pet?

Além de pensar nos jogos de cachorro, o tutor também deve avaliar que tipo de brincadeira é mais adequada para o animal. Por exemplo, algumas raças de cães são mais fortes e por isso precisam de exercícios que estimulem essa característica. Assim, cachorros como pit bull, rottweiler ou pastor alemão vão precisar de brincadeiras que trabalhem a energia e a força que eles possuem.

Jogo de cachorro tem que combinar com a raça e o temperamento do cão

Para os jogos de buscar pode-se usar bolinha ou discos de fresbee (Foto: depositphotos)

Outros tipos de jogos são os de rastrear e eles são ideais para as raças que gostam dessa atividade. Como exemplo, pode-se citar o cão de Santo Humberto, basset hound e o beagle. Já as brincadeiras de enriquecimento ambiental e de buscar são ótimas para todos os cães, inclusive e principalmente para os cães sem raça definida (SRD), os famosos vira-latas.

Jogos para buscar

Esse tipo de brincadeira agrada todo e qualquer cachorro. Contudo, ela é bem mais eficiente para os animais que adoram correr e possuem um alto nível de energia. Por exemplo, dálmata, husky siberiano e weimaraner são alguns dos tipos cheios de animação.

Por isso, o tutor deve apostar em  brincadeiras como o jogo da bolinha. Esse tipo pode ser feito em casa, em um lugar espaçoso, ou então em um parque que permita a brincadeira com segurança. Além da bolinha, pode ser usado também discos (fresbee). O tutor joga, o cão vai buscar e assim a alegria está garantida.

Brincadeiras para cães estimularem a força

Cachorros com muita resistência precisam de exercícios mais longos e que permitam o gasto de energia desses animais. Pit bull, staffordshire bull terrier, pastor alemão, rottweiler e outros cães com uma estrutura corporal mais forte vão adorar brincadeiras que estimulem as suas forças.

Um exemplo de jogo com esse intuito é o cabo de guerra. Para isso, o tutor deve usar uma corda forte, criar alguns nós nela e oferecer ao cão. Enquanto o cão puxa de um lado, o dono puxa do outro. Além disso, pneu pendurado pode ser uma boa opção. Nesse sentido, é só pendurar um pneu com uma corda em algum ponto fixo e deixar o animal se divertir.

Jogos para rastrear

Ao que se sabe, os cães possuem um excelente olfato. Contudo, algumas raças têm maior habilidade nesse quesito, devido a características físicas. O cão de Santo Humberto é um exemplo disso, isso porque possuem narinas maiores e bem abertas. Assim, é considerado um cão de faro extraordinário.

Para cães desse tipo, os jogos para rastrear são um paraíso. O tutor que deseja fornecer essa alegria ao cão pode apostar em esconder alguns petiscos pela casa e deixar que o animal procure. Além de manter o pet ocupado, vai ajudá-lo a trabalhar melhor suas habilidades naturais.

Brincadeiras para enriquecimento ambiental

Todos os cães vão adorar esse tipo de brincadeira, pois os cachorros se exercitam e logo ganham uma recompensa. Para se ter uma ideia, existem várias formas de enriquecer o ambiente para o cachorro e muitas delas não vão custar praticamente nada.

Um exemplo dessa brincadeira é colocar petiscos em uma garrafa pet. Em seguida, deve-se fazer furos na lateral e fechar com a tampa. Por fim, o tutor deve dar o brinquedo ao cãozinho. A medida que ele for girando a garrafa, os petiscos vão saindo.

Outra maneira é colocar os petiscos enrolados em uma toalha de rosto. Depois, basta colocá-la em uma caixa de leite vazia. No próximo passo, o tutor deve fechar bem a caixa com fita adesiva. E o brinquedo está pronto para ser “destruído” pelo cãozinho.

Cuidados ao brincar com jogos com seu cão

O cabo de guerra é uma ótima opção para pit bull, staffordshire bull terrier, pastor alemão e rottweiler

O cabo de guerra é um opção de brincadeira para cães de estrutura corporal forte (Foto: depositphotos)

Mesmo que essas brincadeiras sejam para a diversão do cão, é importante ter alguns cuidados com o animal. Isso porque, se não planejadas corretamente o cachorro pode acabar se machucando. Nesse sentido, o Clube para Cachorros separou três cuidados essenciais para se ter com o pet na hora dos jogos.

Evitar horários muito quentes

Os cães possuem as patas sensíveis e por isso devem ser levados para ambientes externos apenas quando o sol estiver mais ameno. Isso para evitar que eles queimem os coxins, as “almofadinhas” que ficam embaixo das patas do cão.

Além disso, outros animais possuem características físicas que impossibilitam uma respiração natural e saudável em alguns momentos do dia. Por exemplo, a soma de exercícios físicos e uma temperatura alta pode ser mortal para cães braquicefálicos. Ou seja, cachorro com focinho mais curto, como pug, buldogue francês, boston terrier, buldogue inglês, boxer etc.

Desta forma, é mais indicado optar por horários mais frescos do dia. Durante a manhã, qualquer horário antes das 10h. Já no período da tarde, é recomendado os horários após as 16h.

Cuidados com os dentes do cão

Outro cuidado que o tutor deve ter no momento dos jogos e brincadeiras é com os dentes do cão. Isso porque, cabos de guerra podem quebrar ou arrancar os dentes dos cães, principalmente dos filhotes. Por isso, é necessário muito cuidado para evitar essas situações.

Atenção para pedaços de brinquedos

Como pode ser visto, alguns brinquedos podem se destruírem ao longo da diversão. Nesses casos, é indicado o tutor estar atento ao animal, para evitar que ele ingira alguns pedaços. Assim, é possível garantir uma brincadeira segura.

Benefícios dos jogos e brincadeiras com os cães

O jogo de cachorro pode trazer muitos benefícios para o cão e para o tutor. Isso porque, os joguinhos caninos conseguem criar uma atmosfera mais íntima entre o cãozinho e o ser humano.

Quando o tutor se dispõe a fazer os brinquedos para cães, ele está trabalhando a mente. Além disso, ao jogar bola com o cão, o dono do animal está se exercitando junto ao bichinho de estimação.

Para o pet, os jogos para cães podem trazer benefícios físicos e mentais. Enquanto alguns estimulam atividades físicas, evitando problemas como obesidade e sedentarismo. Outras brincadeiras trabalham o cérebro do cão ao mesmo tempo que deixam os animais entretidos por muito tempo, evitando que eles apresentem um comportamento destrutivo em casa.

Fonte: Clube para Cachorros.

Deixe um comentário