Os gatos pretos e a má sorte

Você gostaria de saber o porquê dos gatos pretos estarem associados à má sorte? Onde e quando começou essa superstição que levou quase ao desaparecimento dos felinos de coloração escura? Leia agora mesmo o artigo que irá desvendar esses mistérios.

Os gatos pretos na Antiguidade

Para começar essa história, temos que viajar vários séculos no tempo, mais precisamente para a época do Egito Antigo. Considerados como excelentes animais de companhia, os gatos se tornaram animais cada vez mais queridos, uma vez que se encarregavam de eliminar as pragas de ratos que açoitavam as cidades.

gato preta enrolado em uma toalha

A admiração era tanta pelos gatos com pelagem preta nessa região, que os egípcios veneravam uma Deusa chamada Bastet, que tinha uma forma de felino. Se alguém matava um gato, era condenado à pena de morte.

Os faraós eram enterrados, muitas vezes, com os seus gatos. Eles, inclusive, tinham um lugar muito importante nos cemitérios reais, como no caso do Vale dos Reis de Luxor. Certamente, pode-se encontra em mais de um hieróglifo a figura de um gato perto dos monarcas. 

Os gregos quiseram replicar os costumes egípcios. Por isso, levaram vários gatos pretos para o seu país. Foi assim que eles chegaram à Europa e, consequentemente, se espalharam por todo o continente. A partir desse momento, a história começou a mudar.

Por que os gatos com pelagem preta são associados à má sorte?

Vamos continuar viajando no tempo, mas agora chegamos à Idade Média. Nesse período, a Igreja Católica era uma entidade muito poderosa e tomava decisões que tinham grande repercussão na sociedade. No final do século 12, na França, começou um processo conhecido como “Inquisição”. Foram instalados diversos tribunais, que se encarregavam de identificar a bruxaria e a heresia.

Muitas mulheres solitárias e misteriosas foram perseguidas por serem consideradas bruxas. O seu destino era a fogueira. Nessa mesma época, começaram a perseguir os gatos pretos por suspeitarem que eles eram usados por essas mulheres para cometer atos de bruxaria e praticar feitiços malignos.

Na verdade, o que acontecia era que os felinos eram muito reservados, tímidos e se escondiam das pessoas, (diferentemente dos cães, que buscavam um lar e comida nos domicílios. Naquela época, dizia-se que os gatos eram na verdade bruxas camufladas que se encontravam na forma de animal. Dessa maneira, não podiam ser pegas à noite e podiam realizar livremente as suas bruxarias sem problemas.

Os felinos pretos e a peste

O primeiro documento que relaciona os gatos pretos com a bruxaria e a heresia foi escrito no século 13. Nesse papel, o Papa Gregório IX afirma que eles estavam associados ao diabo. Por isso, a sociedade começou a temê-los e, é claro, a tentar eliminá-los da mesma forma que faziam com as bruxas – através da tortura e da fogueira.

Como a população de gatos foi diminuindo notavelmente, a proliferação de ratos não demorou a ocorrer e, com ela, a doença e a morte. A Peste Negra ou Peste Bubônica aniquilou mais de 25 milhões de pessoas na Europa durante 3 anos.

Nesse período, não se sabia que a causa da transmissão era um parasita presente nos ratos. Como os gatos eram caçadores natos dos roedores, eles também foram associados à epidemia. Dessa forma, a matança dos gatos quase os extirpou da Terra nos anos 1400. O que aquelas pessoas não sabiam era que, quanto menos gatos, mais ratos e, consequentemente, mais Peste.

Lindo gato preto deitado

Mais superstições sobre esse tipo de gato

Uma das lendas mais difundidas sobre a suposta má sorte dos gatos pretos surgiu no condado inglês de Lincolnshire. Por volta do ano 1560, um homem e o seu filho caminhavam na rua à noite e se depararam com um felino de pelagem escura.

Quando o animal se escondeu em uma viela, o homem atirou pedras para matar o animalzinho. Ferido e indefeso, o bichano correu até a casa de uma mulher que vivia sozinha e que era suspeita de atos de bruxaria. No dia seguinte, viram a anciã com feridas e machucados, e chegaram à conclusão de que se tratava do felino que a velha senhora tinha acolhido na noite anterior.

Até os dias de hoje, no Brasil e em vários outros países, acredita-se que passar ao lado de um gato preto é sinal de que algo de ruim está prestes a acontecer. Os gatos pretos também são relacionados às celebrações de Halloween.

Fonte: Meus Animais.

Deixe um comentário