Vantagens da castração nos animais

Castrar o nosso bichinho de estimação, muitas vezes, é uma ação necessária para obter múltiplos benefícios, tais como melhoras no comportamento, prevenção de doenças e melhor qualidade de vida. Neste artigo compartilharemos algumas vantagens desta simples cirurgia que, sem dúvidas, é uma boa decisão para seu pequeno amigo.

 

Vantagens de esterilizar os bichinhos de estimação

Esterilizacao-de-animal

Como mencionamos, a castração traz grandes benefícios, como a diminuição da agressividade do animal. A castração em cachorros adultos, por exemplo, contribui para que os machos sejam menos agressivos com seus pares e com as pessoas.

Porém, esses níveis de agressividade variam segundo a idade em que a castração é feita, sendo mais efetiva antes de um ano de idade.

Maior concentração. Um cachorro castrado é bem mais fácil de treinar, pois o seu comportamento é mais dócil, será um melhor estudante, com maior capacidade de atenção, mesmo havendo cadelas em período de cio por perto. Isto se deve a que o cão não se distrairá por estímulos feromonais.

A esterilização permite que os animais vivam por mais tempo de forma saudável, pois ajuda a prevenir infecções uterinas e o câncer de mama, que é mortal em aproximadamente 50% dos cachorros e em 90% dos gatos.

Ao castrar o seu bichinho de estimação antes de seu primeiro cio daremos a ele melhor proteção contra as doenças listadas no parágrafo anterior.

O procedimento proporciona importantes benefícios para a saúde canina, pois evita cruzamentos não desejados e previne o câncer testicular nos machos, sempre que a cirurgia for feita antes dos seis meses de idade.

 

Melhor qualidade de vida

Gato-na-Cirurgia-de-castracao

 

As cadelas castradas não vão passar pelo período de cio.

Mesmo que os ciclos possam variar, os felinos femininos geralmente entram no cio a cada três semanas, durante quatro a cinco dias. Para chamar a atenção dos seus parceiros, costumam miar e urinar com mais frequência, às vezes por toda a casa.

A castração evita que os cachorros fujam, se percam ou sofram acidentes. Quando o macho já está pronto para cruzar, procurará um cadela e isso fará com que ele queira escapar de casa, arriscando sua saúde ao brigar com outros cães ou se envolvendo em acidentes de trânsito.

Os cães e os felinos são muito carinhosos e focam sua atenção em suas famílias humanas. Porém, os cachorros e gatos não castrados podem marcar seus territórios espalhando urina com um cheiro forte pela casa toda.

Sem dúvidas, muitos problemas de agressividade podem ser evitados através da castração precoce.

A esterilização ou castração não fará com que seu bichinho de estimação engorde, portanto não use essa velha desculpa. A falta de exercícios e a sobrealimentação é o que acrescenta uns quilos a mais, não o procedimento.

A cirurgia é muito rentável, pois faz você economizar no custo de ter que cuidar de uma ninhada de filhotes e no custo do tratamento de feridas causadas pelas brigas com outros cães.

A esterilização e castração dos animais são ótimas opções. Os vira-latas são considerados um verdadeiro problema em muitos países, pois podem danificar o ambiente, causar acidentes de trânsito, prejudicar a fauna local e assustar as crianças. Estas cirurgias favorecem significativamente a diminuição do número de animais nas ruas.

O bichinho de estimação não precisa ter filhotes para mostrar aos nossos filhos o milagre do nascimento, pois corremos o risco de não poder manter tantas ninhadas e que muitos filhotes acabem na rua, em abrigos animais ou canis, o que não é um bom exemplo para as crianças.

Existem muitos livros e vídeos que ensinam sobre o nascimento dos bichinhos de estimação e sobre o cuidado responsável deles.

A esterilização ajuda a combater a super população de animais. A cada ano, sacrificam-se milhões de gatos e cachorros de diferentes idades e raças ou terminam nas ruas como vira-latas.

Estes indicadores tão altos resultam de ninhadas não desejadas que poderiam ter sido evitadas com a esterilização ou castração.

 

Fonte: Meus Animais.

Deixe um comentário