Plano de saúde pet - Como escolher o melhor para seu pet

Segue as melhores dicas, para escolher o plano pet adequado para seu animal de estimação. Entenda já agora, quais fatores influenciam a decisão do plano correto!

Gato e cachorro no plano pet 

  1. Operadora
    O mercado pet está vivendo uma inflação de operadoras. Com a perspectiva de ganhar muitas vidas e, com isso, muito dinheiro, investidores estão apostando nesse mercado promissor. Mas cuidado, já na saúde para o ser humano, temos hoje uma grande consolidação das operadoras. E, infelizmente falências que prejudicaram muitos clientes, perdendo prêmios e coberturas contratadas. Para isso não acontecer com você, procure empresas sólidas e conhecidas.
    Dica: Na melhor das hipóteses, escolhe especialistas de saúde animal, como a Saúdepets, que identificam as melhores opções para seu pet.

  2. Rede de credenciados
    Verifique, se a operadora oferece uma rede de profissionais e estabelecimentos suficiente, para cuidar do seu animal. Ainda mais importante, quando você não tem mobilidade ou mais do que um pet, que dificulta a locomoção.
    Dica: Tem operadoras que oferecem um serviço domiciliar, para você solicitar por exemplo uma consulta em casa!

  3. Microchipagem
    A maioria das operadoras exige, que seu pet será microchipado. Se trata de um pequeno dispositivo, que é implantado na gordura da nuca. Pesquisas mostraram, que o risco de sequelas é mínimo. O uso já é mais comum nos países mais desenvolvidos, como nos EUA. O dispositivo mantem dados do tutor, e principalmente do bichinho em relação dos procedimentos já feitos, como vacinas e consultas. Um ponto positivo é, que na fuga do animal, ele pode ser identificado sem placa.
    Dica: Verifique, qual operadora não exige o microchip, no caso você tem receios desse dispositivo.

  4. Coberturas
    As operadoras normalmente oferecem 3 - 4 tipos de plano, começando com um plano básico, ambulatorial, e no último nível o plano premium, oferecendo mais comodidade para o pet e seu tutor. Entre outros, reembolso para ficar na clínica de preferência, limpeza de tártaro, parto. A escala de preço pode quadruplicar do primeiro até o último plano.
    Dica: Escolhe no mínimo um plano, que tem coberturas para cirurgias e internações, pois esses são os procedimentos mais caros, no caso que se animal precisar uma intervenção.

  5. Idades
    Sabemos que um animal de estimação começa mostrar sinais de idade a partir de 6 anos, o que resulta em mais problemas com a saúde. Então, fique atento aos planos oferecidos pelas operadoras. Existem restrições bem diferentes entre elas. Enquanto uma operadora aceita a entrada até 9 anos, a outra pode aceitar até 14 anos, com coberturas amplas. Isso faz uma grande diferença no futuro.
    Dica: Fale com os especialistas da Saúdepets e verifique essa questão para seu pet e sua região.

  6. Forma de pagamento
    De forma geral podemos dizer, que o pagamento através do cartão de crédito tem os menores preços. No segundo lugar fica o débito em conta, e na última posição o boleto. Mas além do menor preço, o cartão de crédito oferece a maior segurança em relação da continuidade das coberturas. Quem não já esqueceu pagar o boleto ou liberar o débito na conta? Uma situação complicado, quando seu pet precisa de um atendimento e o credenciado não tem liberação para fazê-lo!
    Dica: Pague com cartão e não se preocupe com a ativação do seu plano.

  7. Cancelamento
    No caso de morte do seu animal, o plano encerra com a comunicação á operadora. Não esquece de informar para evitar cobranças contínuas.
    Se ocorre um outro motivo, e você não pode ou, não quer mais continuar com seu plano, você tem o direito de cancelar ele. As operadoras, na maioria, não cobrem multas, mas podem exigir um prazo mínimo(por exemplo 60 dias) de aviso, para cancelamento, isento o falecimento do seu cachorro ou gato.
    Dica: Invés de cancelar seu plano, tente mudar para um plano mais básico. Importante manter a proteção do seu pet!

Nós da Saúdepets queremos reforçar, que o cuidado preventivo do seu animal de estimação é a melhor forma de evitar transtornos. Com as vacinas em dia, higiene, observação do comportamento, boa alimentação e consultas/ exames regulares, você vai ter uma amigo por muito mais tempo. O convênio animal te ajuda em controlar os gastos e manter uma disciplina em respeito do cuidado. Não espere até algo acontece, pois pode ser tarde demais. Estamos aqui para te ouvir, orientar e acompanhar. 

Saúdepets